16.4.14

Gossip Girl, 1ª temporada



http://2.bp.blogspot.com/_7AlKpcv8hYU/TMxReh1CVxI/AAAAAAAAAOs/IS5WY0oLaSM/s1600/2jbv1h3.jpgHá pouco tempo atrás, eu costumava ver muitas pessoas falando sobre Gossip Girl por aí, a série conquistou uma legião de fãs e eu cheguei a acompanhar por alto o seu desfecho. Alguns anos depois, com um amiga que tem um box da primeira temporada e uma curiosidade, eu me dei ao trabalho de pelo menos experimentar e ver como era. Gossip Girl conta a história da vida glamorosa dos adolescentes ricos, moradores do Upper East Side, centrando-se em Serena Van Der Woodsen, que acaba de voltar à cidade depois de um misterioso desaparecimento, e a sua amiga Blair Wardolf. A série também desenvolve os enredos dos pais desses jovens e dos amigos de Blair e Serena. Bem, comigo, foi assim, comecei com o primeiro episódio como quem não quer nada e já gostei muito porque, é costume de séries terem o seu piloto mostrando diversas promessas de tramas e com GG não foi diferente. Conforme eu ia vendo os outros, ia me apaixonando cada vez mais porque essa série é a coisa mais viciante que existe. Todo aquele clima de fofoca, com o blog em que a vida desses jovens geralmente é exposto, a Gossip Girl, os segredos que todo mundo parece ter e são revelados. Sempre tinha uma coisa que me deixava curioso para ver o próximo e assim foi até o último episódio. De longe, a minha personagem favorita foi a Blair. Meu Deus, ela é a maior bitch-friendly que existe nos seriados, acho que até supera a Katherine de TVD (ou não). As cenas delas sempre são as melhores e eu adoro o fato de ela ter o seu próprio plot, aprofundando-se em seus dilemas, o que faz com que ela se torne mais friendly para o espectador. A Serena é a típica protagonista, muitas vezes, tomou atitudes egoístas e MUITO burras que me deixaram com vontade de entrar na televisão e estapear ela. O Dan é suuuper legal. Muito sarcástico e carismático, é uma pena que eu já saiba de um spoiler gigantesco sobre ele. O Chuck foi um personagem que odiava no começo, aprendi a gostar e, no final, continuo odiando e a Jenny, que eu jurava que fosse a Ashley Benson mas na verdade é a Taylor Momsem fez parte da maioria dos melhores momentos da série. Essa temporada foi simplesmente incrível e acredito que ainda tem muita coisa por vir! Volto em breve com a resenha da segunda temporada.


5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário