28.8.11

Resenha: Lua Azul - Alyson Nöel

Editora: Intrínseca
Autor: Alyson Nöel
Ano: 2010
Título Original: Blue Moon

Comecei Lua Azul confiante. Li algumas resenhas da série pela Deborah e gostei muito da percepção dela da série. Então decidi que teria que dar mais uma chance aos Imortais. Mesmo minha resenha não tendo sido negativa, depois de alguns meses fui influenciado por algumas pessoas e passei a odiar Para Sempre.

Na continuação da série "Os Imortais", Ever agora é imortal e Damen a está ajudando a usar seus poderes. Tudo está perfeito na vida da garota até que Damen começa a ter alguns sintomas estranhos. Ele não consegue mais materializar as coisas e nem se transportar para Summerland, a ante-sala do paraíso.
–– Ever, por favor. Você precisa levar a sério! Ainda tenho muita coisa para ensinar.
–– Por que tanta pressa? –– Afofo meu travesseiro e dou um tapinha ao meu lado, na esperança de que ele saia da escrivaninha e venha ficar comigo. –– Achei que a gente tivesse todo o tempo do mundo. –– Sorrio. E quando ele olha pra mim, todo o meu corpo esquenta, eu perco o fôlego e não posso deixar de imaginar se algum dia me acostumarei com sua extraordinária beleza, sua pele macia e moreno, os cabelos castanhos e brilhosos, o rosto perfeito e o corpo esgui e bem definido, o perto yin moreno para o meu yang louro e palido. –– Sou uma aluna muito aplicada, você vai ver –– digo enquanto meus olhos encontram os dele, dois poços escuros de uma profundidade impenetrável.
E então, na escola, surge um cara novo chamado Roman e todos parecem gostar dele. De sua simpatia, beleza... Mas há algo nele que incomoda Ever, sempre que ela o encontra fica com arrepios há algo de ruim nele. Mais tarde, as coisas pioram. Damen fica com uma doença estranha e não se lembra mais dela, agora tudo o que ele aparenta saber fazer é odiá-la e ficar com Stacia Miller.

Pode parecer implicância, mas Lua Azul me lembrou muito Crescendo da Becca Fiztpatrick. Não só pelo mocinho se separar da mocinha inexplicavelmente mas pelos nomes das vilãs e pelos mocinhos irem ficar com as vilãs, que sempre perseguiram a mocinha. Mas, contradizendo a todos, eu acho que neste livro Ever está mais madura. Ela é uma controladora e ciumenta perigosa, mas sabe assumir isso.

Apesar de só fazer escolher erradas, ela age. Movimentando a história. O que não me fez querer largar o livro de jeito algum. Você passa o tempo todo querendo saber o que acontece com Damen. Ao mesmo tempo que vê viagens de Ever à Summerland e ela sofrendo na escola com a aparente lavagem cerebral que Roman fez em todos, fazendo o sistema de castas e grupos do almoço acabarem.

Pelo fato de Damen ficar separado de Ever, achei que o livro seria um drama só. Mas não foi, Lua Azul é ainda mais surpreendente que Para Sempre e Alyson Nöel nos deixa de queixo caído com suas afirmações que condizem com fatos reais e uma mitologia que se divide entre o misticismo e a pura ficção. O meu personagem favorito deste livro foi a cartomante e vidente, Ava, que apareceu pela primeira vez na festa de Haloween, no primeiro livro.
Acho que não tinha noção de como estava tensa, nem de quanta negatividade estava carregando até Ava me obrigar a perceber. Embora esteja disposta a fazer qualquer coisa para entrar naquela sala e me aproximar de Summerland, tenho que admitir que pode ser que essas bobagens realmente funcionem.
Nesta parte da história, Miles e Heaven aparecem bem menos. Eu gostei muito já que tenho uma raiva infinita de Heaven e Miles é no mínimo um personagem caricato demais para mim. Mas confesso, ele foi quem quebrou o drama do primeiro livro com suas piadas em momentos geniais. Riley, a irmã morta de Ever, aparece apenas em um flashback da história. Mas mesmo assim tem uma grande importância no livro.

O modo de escrito da autora, Alyson Nöel, meio que me irritou um pouco por ser apenas no presente. Mas, de fato, isso influencia um pouco na narração de Ever. É tão vê-la planejar e fazer, parece que como estamos presos ao presente nos privamos de algumas divagações sobre o que já passou no livro. Me arrependo de já não ter comprado Lua Azul logo quando acabei Para Sempre.

Recomendo muito que leiam, é um livro profundamente simpático e cinematográfico. O meio e o fim são de tirar o fôlego, você fica sempre com aquele bolo no estômago. Presenciando as cenas e sentindo sempre o mesmo que Ever em determinadas situações. O final é extremamente emocionante e é cheio de pontas soltas. Quer dizer, ele é carregado de artifícios para deixar você com vontade de ler o próximo.

Porém, vou deixar pra ler um livro antes de Terra de Sombras, como diz Damen, não se pode abusar da sorte que tem, então acredito que se ler o próximo eu vá ficar com um pouco de tédio pela história que, como dizem pelas resenhas, o próximo terá mais mitologia e nada novo na série. Mas, mesmo assim, os dois primeiros já estão aprovados e você pode ler sem medo de ser feliz!
–– Não! –– grito. Minha voz reflete nas paredes da sala vazia e ecoa de volta para mim. –– Por favor! –– imploro. –– Volte! Vou me esforçar mais. Sério! Prometo não ter ciúmes nem ficar irritada. Assistirei a tudo se você retroceder o filme.
Mas não importa quando eu implore, quanto peça para ver novamente. O cristal se foi, desapareceu
Olho em volta, procurando por alguém para me ajudar, alguma espécia de bibliotecário que me oriente em relação aos registros akáshicos, embora eu seja a única pessoa no loca. Apoiando a cabeça nas mãos, perguntando-me como pude ser tão estúpida a ponto de deixar meus ciúmes e minhas inseguranças assumirem o comando mais uma vez.
Eu já sabia sobre Drina e Damen. Já sabia o que veria. E, agora, como fui fraca para engolir e lidar com o que estava vendo, não faço ideia de como salvá-lo. Não faço ideia de como fomos de um começo maravilhoso a um fim tão horrível.

27.8.11

Divulgada capa da continuação de "Relações de Sangue"

A escritora Martha Argel publicou em seu blog a capa da continuação do seu livro Relações de Sangue que contam a história de uma vampira chamada Lucila. Vejam como ficou o resultado final:


Ao voltar da Alemanha, Maria Clara Baumgarten estava disposta a retomar a sua vida em São Palo e esquecer o pesadelo que vivera meses antes. Sem querer, descobrira que vampiros eram reais e isso tinha custado seu namorado, sua amiga, sua inocência e sua poltrona favorita. Mas um passeio no shopping a fez cruzar o caminho de um dos sanguessugas e reencontrar Lucila, a responsável por tudo que lhe acontecera. Novamente envolvida nos jogos de poder e sangue dos mortos-vivos, ela é obrigada a deixar tudo para trás. Desta vez, seu destino é a Itália, onde encontra Alberto, um vampiro saído diretamente do Renascimento para seus sonhos. Mas o perigo não passou e ela precisa tomar cuidado com suas escolhas. Amar em meio a criaturas que matam para viver pode ser a decisão mais perigosa de sua vida. E a última.
A capa segue a mesma linha da primeira, mesmo que a editora tenha mudado (De Giz para Lyr Editorial) e foi feita por Etevão Ribeiro. O lançamento ocorrerá na Bienal do Rio de 2011, no mês que vem.

a capa antiga - 



E você? Gostou da capa? Detestou? Preferia a capa do primeiro? Compartilhe sua opinião, comentar não vai doer!

26.8.11

Prontos para "Dezessete Luas"?

Com o intuito de instigar os fãs da série Beautiful Creatures no Brasil, a Galera Record divulgou recentemente a capa e o mês de lançamento da continuação de Dezesseis Luas, consequentemente chamará-se Dezessete Luas. Veja como ficou o resultado final:

A divulgação, como disse no início do post foi mais para instigar os fãs, já que nada mais além do mês e da capa foram divulgados. O lançamento está previsto para outubro, mas nada de termos uma data concreta.

A capa segue o mesmo estilo do primeiro, mudando de árvores secas para uma borboleta cinza bem sombria. Sou apaixonado pela tipologia do título, com as letras todas entrelaçadas. São um charme só!

E você? Ansioso para Dezessete Luas? Imprima suas expectativas na caixa de comentários abaixo, afinal, ela foi feita para ser usada!

24.8.11

Os Mais Vendidos (24/08)


Saiba quais os livros que fazem mais sucesso no Brasil na categoria ficção. Lista hospedada pelo Veja.com
 A guerra dos tronos - George R. R. Martin
 A fúria dos reis - George R. R. Martin
 A cabana - Willian P. Young
 Água para elefantes - Sara Gruen
 Um amor para recordar - Nicholas Sparks
Questões do coração - Emily Griffin
 O herói perdido - Rick Riordan
 O pequeno príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
Querido John - Nicholas Sparks
10º
Quando Ela se Foi - Harlan Coben
11º
Um Dia - David Nicholls
12º
 Diário de uma paixão - Nicholas Sparks
13º
 A última música - Nicholas Sparks
14º
 O semeador de ideias - Augusto Cury
15º
 Estrela da noite - Alyson Nöel
16º
 O Ladrão de Raios - Rick Riordan
17º
 A Janela de Overton - Glen Beck
18º
 O mar de monstros - Rick Riordan
19º
 O Vendedor de Sonhos - Augusto Cury
20º
 A Batalha do Labirinto - Rick Riordan

21.8.11

Na Minha Caixa de Correio: (#17)

Seção que mostra tudo o que recebi recentemente, desde livros a cds e dvds, em vídeo. Meme criado originalmente pelo The Story Siren.

Eba! Primeiro vídeo na estante nova, não chegou muita coisa não tinha quase nada pra falar. Mas espero que comente e vejam o vídeo até o final pois lá tem uma novidade super legal sobre a promoção do kit de Beijada por um anjo!

O que recebi 
Livro: Lua Azul — Alyson Nöel
Livro: Terra de sombras — Alyson Nöel

Quem ou o quê eu citei 


Lido essa semana 


Trilha sonora 

Rihanna - Cheers (Drink to that)

Gostou do vídeo? Se interessou por algum livro? Gostou da estante? Comenta aí, não vai doer e ainda vou ficar muito feliz!

20.8.11

Book Blogger Hop: (#22)

É fato que a cada dia surgem mais e mais blogs de livros no Brasil e tem muito blogueiro bom por aí que não é conhecido. Inspiradas pelo Book Blogger Hop que a Jennifer criou no Crazy For Books, as garotas do Murphy's Library decidiram montar uma versão brasileira. A ideia é mostrar a diversidade de blogs literários que temos no Brasil — e conhecer um pouquinho mais dos blogueiros também.
A pergunta desta semana é:
Qual o livro mais longo que você já leu?
Ah, depende. Em série, a mais longa que já li foi a de Percy Jackson e os olimpianos foram cinco livros mais uma spin-off, demorou um bom tempo para eu fazer a conclusão da série. Em termos de livro, acho que o mais longo foi Amanhecer que é o mais grosso da minha estante, apesar de que eu não tenha demorado muito para ler. Agora sobre livro pequeno que a leitura foi longa foi Para Sempre simplesmente não conseguia terminar de ler o livro de Alyson Nöel mesmo que ele seja a finura em pessoa.

19.8.11

Resenha: Beijada por um anjo - Elizabeth Chandler


Editora: Novo Conceito
Autor: Elizabeth Chandler
Ano: 2010
Título original: Kissed by an angel
Páginas: 264

Você pode achar, pela sinopse, que Beijada por um anjo é mais uma publicação sem sentido, jovem com uma história feita para agradar àqueles que pouco exigem uma história complexa. Mesmo que sempre tivesse sido fortemente atraído para essa série, tinha medo de me decepcionar e descobrir que na verdade esse Anjo era apenas um clichê.

Pelo contrário, "Beijada" é complexo, romântico e surpreendente. Começa aos poucos, querendo agradar a você. A história te prende fortemente e você quer saber o porquê daquela cena violenta ter sido colocada bem no início do livro. Querendo, cada vez mais, que isso fosse um sonho ou alucinação. Ou até então um terrível engano.

Na história de Elizabeth Chandler (Pseudônimo de Mary Claire Helldorfer), Ivy é uma garota comum que era um mistério para Tristan, o atleta da escola e que habitava o imaginário das garotas. Ao contrário de todas as meninas do colégio, Ivy era reservada e não se interessava por Tristan. Ele estava decidido a mudar esse fato. Porém, não sabe - sinceramente - como fazê-lo.

Ivy, por sua vez, só queria uma companhia. A dos anjos, ela reza para eles e cada um é responsável por algo importante. Como o Tony, anjo das águas. A garota acredita, com todo o seu coração, de que eles a protegem diariamente. Em um trabalho da escola, Ivy acaba caindo dentro d'água e o pior, ela não sabe nadar. Tristan, que estava por perto, a ajuda a sair de lá. A partir daí, acontece uma aproximação entre os dois. Ivy quer perder o medo das águas e Tristan, acredita ela, é a melhor pessoa capaz de fazer isso.

Essa aproximação resulta em um relacionamento lindo, eles se apaixonam perdidamente e Tristan é quem mais demonstra isso. Ele sempre diz que a ama, sempre a enche de beijos e carinhos e sempre está lá para ajudá-la no que quer que fosse. Mas, num dia, um acidente terrível toma conta de suas vidas. Ivy escapa viva, mas o mesmo não acontece a Tristan. Que morre na hora. Ele agora está vagando por aí e sua morte fez com que Ivy deixasse de acreditar nos anjos. Agora ele tem uma missão, mas não sabe qual é. Precisa descobrir e enquanto isso também tem de achar um jeito de se comunicar com Ivy e beijá-la pela última vez.
–– Eu não quero me casar com ela! Só quero que ela saiba que eu existo. Só quero sair com ela. Só uma vez! E se ela não gostar de mim, então...
A história é impactante e como disse, linda! Nunca imaginei isso de Beijada, ela me surpreendeu de formas muito positivas. Adorei o desenvolvimento dos personagens, a amarração do enredo e principalmente, a paixão dos protagonistas. É sim, muito convincente. Adorei o que Elizabeth criou, sobre as missões e sobre como os mortos se transformam em "anjos temporários". Pelo título, achei que teria algo do tipo que Tristan fosse um anjo. Só no final descobri a razão do título e é muito triste.

Ler Tristan vagando por aí, vendo Ivy e não podendo tocá-la é torturante. Você fica o tempo todo pedidno para que eles se encontrem mais uma vez. Em algumas partes, me senti sufocado por ele estar ao seu lado ou então se comunicar com ela através de outra pessoa e Ivy simplesmente não acreditar em nada. Afinal, se ela ainda acreditasse em seus anjos seria tudo bem mais fácil.

O livro é o primeiro volume da trilogia (Que pode virar série, de acordo com o site oficial criado pela Novo Conceito) e é bastante introdutório. Você passa metade e um pouco do final lendo sobre como Ivy e Tristan se conheceram e como tudo foi chegar ao acidente. O jeito como acaba? Bem, só posso dizer que é angustiante e nos dá muita vontade de ler o próximo.
Ivy ficou paralisada. Surpreendeu-se ao ver Tristan com aipos enfiados nas orelhas, salada espalhada pelo cabelo e uma coisa preta e estranha em seus dentes, e –– por mais difícil que fosse acreditar que alguém com mais de oito anos pudesse fazer uma coisa dessas –– rabinhos de camarão enfiados nas narinas.
Espero mais cuidado da editora no próximo livro, muitas falas de diferentes personagens ficaram em uma só linha. Quanto tinha que acabar a fala, não tinha o travessão no fim. O negrito que eles usaram na tipologia não me incomodou, pelo contrário, é ótimo, não cansa a vista e você lê o livro rapidinho. A série promete no próximo volume e quero descobrir quem... Enfim, leia para saber!

Super recomendo para quem quer uma história leve mas ao mesmo tempo complexa e com altos níveis de romance sem ser piegas. Quero muita mais de Beijada no próximo e espero que não me decepcione assim como acontece com os segundos livros de algumas séries. Quero Tristan, Ivy, Gregory e até Lacey - o anjo temporário que era uma atriz e passa a ensinar Tristan a se comunicar com Ivy. Leia, leia, leia! E aproveite até a última página!
–– O problema é que você leva tudo a sério demais, Ivy. Romance é um jogo, só um jogo.
Ivy suspirou e olhou para seu relógio. –– Só tenho mais dois minutos de almoço. Beth, que tal terminar a sua história de amor? –– Suzanne deu um tapinha no braço de Ivy.
–– Só temos mais dois meses de escola. Que tal começar a sua história de amor?
 

Promoção: Os comentaristas deste post irão ganhar um kit de Beijada por um anjo 1 com um exemplar do livro na caixinha e uma almofada de penas brancas decorada do livro. A promoção é válida até o dia 02/09 e  o resultado do sorteio sai no dia 03/09.

 Chance extra - Twittar até 6 vezes por dia a mensagem abaixo:
*Toda vez que twittar adicionar o link do tweet (Não sabe como? Descubra aqui!)
A @Novo_Conceito e o @bobagenselivros irão me mostrar o caminho dos anjos em "Beijada por um anjo" 
Lembrete: Você deve comentar uma vez no post para validar sua participação e só depois do primeiro comentário você pode enviar o link do tweet. Está proibido a utilização de comentários do tipo: "Adorei a promoção" ou "Participando"! Vamos ter um pouco mais de criatividade né gente?

18.8.11

Capa de primeiro livro da nova série de Paula Pimenta

A escritora Paula Pimenta acabou de divulgar em seu twitter a capa de Minha vida fora de série, sua nova saga literária. O livro é o primeiro de uma série e trata-se de um spin-off de Fazendo meu filme, série best-seller que é o grande trunfo da autora.

Em primeira mão, a capa de MINHA VIDA FORA DE SÉRIE!! Eu amei e vocês? (clique para ver maior).
Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde todos os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? No começo, a protagonista da nova série de Paula Pimenta não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém totalmente diferente. Mas será que o papel que ela escolheu é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos ela descobre que além da nova cidade, há algo mais importante a se conhecer: ela mesma.
Diferentemente das capas de Fazendo meu filme, a Gutenberg optou por colocar uma modelo na foto (e um cachorro). As tipologias usadas são bem divertidas e o adjetivo primeira temporada colocado na capa deu todo um ar de leveza ao livro e à capa. E você, o que achou? O lançamento será na Bienal desse ano, no Rio e a autora estará lá para autografar no dia 10 de setembro.

17.8.11

Playlist (#10): Yoü and I, Domino e Madonna

Uma seção musical e com uma liberdade de assuntos. Desde lançamentos à gêneros musicais que são favoritos ou os meus preteridos. Tudo!
http://3.bp.blogspot.com/-NjcR7Ih69mo/TkqVaeGNoZI/AAAAAAAAKFY/nT9-B_ld6nw/s1600/tumblr_lq12bj4zr11qawumuo1_500.jpgO mundo pop estava meio paradinho nessas últimas semanas. Poucos lançamentos... Até que vem ela e explode com tudo. Você deve achar que a seção se tornou um culto à Lady Gaga, mas é que ela lança coisas novas ou aparece em alguma manchete quase em todos os dias então... É impossível não falar dela por aqui.

Tudo começou quando Gaga divulgou a foto da capa do single, Yoü and I. Um pouco antes, o site oficial dela colocou no ar uma notícia dizendo que o clipe seria lançado lá pela quinta-feira, acompanhado de uma surpresa da mother monster.

O vídeo vazou ontem à tarde e caiu no gosto do público que aprovou. Claro né? Lady Gaga nos deixou com o péssimo The Edge of Glory então, esperávamos de tudo dela. O clipe é bem típico da cantora. Imagens e personagens são inseridos na tela sem informação alguma e você tem de descobrir do que se trata.

Claro, vários significados já apareceram. Dê seu próprio entendimento nos comentários abaixo, gostaria muito de saber sua opinião... Pra quem não viu o vídeo:



Vazou na web hoje, a nova música da Jessie J (Não sabe quem é? Descubra aqui) em parceria com o produtor Dr. Luke, ele já encomendou os sucessos recentes de Britney Spears, Ke$ha e Katy Perry. Afinal, o cara é badalado né? A faixa se chama Domino e causou muita polêmica quando foi posto no ar. E não é que tem os mesmos vocais e algumas batidas de Last Friday Night de Perry?

Alguns disseram que foi cópia. Outros culparam Dr. Luke por não ter inspiração alguma e fosse criar uma coisa que é a praticamente a irmã da outra. Não brinco não, até em algumas partes do meio pro final você esquece o vozeirão de Jessica J para pensar nos vocais suaves e longos de Katy Perry. Cópia ou não, Domino é muito boa para ser descartada. Mesmo que seja muito parecido TGIF, nós adoramos e aprovamos. Escute abaixo e comprove com o single mais recente de Katy Perry no vídeo posterior. E, claro, depois diga se achou mesmo parecido.

                  Jessie J - Domino                  Katy Perry - Last Friday Night 
   x    

E, por último, mas não menos importante. Essa semana houve o aniversário da rainha do pop, Madonna. Ela fez nada mais nada menos que 53 anos e, mesmo não sendo uma bomba pop como já foi nos anos 80 ela ainda continua sendo a nossa Like a Virgin preferida. Eu já fiz um post pra ela nessa seção, lembra? (Um fato engraçado: Falei sobre Madonna na playlist #5 e volto a falar cinco playlists depois).

Ela já teve muitos momentos de carreira, muitos visuais, muitas eras, discos, quebra de recordes, clipes, polêmicas, casamentos, namorados e continua aí, firme e forte 53 anos depois. Ela promete o lançamento de um novo CD em breve, diferente de tudo o que ela já fez. Nós esperamos muito ansiosamente e enquanto não chega e, querendo homenageá-la, fiz uma coletânea de fotos das diferentes eras da Madonna.

16.8.11

Os Mais Vendidos (16/08)

Saiba quais os livros que fazem mais sucesso no Brasil na categoria ficção. Lista hospedada pelo Veja.com
A guerra dos tronos - George R. R. Martin
A fúria dos reis - George R. R. Martin
A Cabana - William P. Young
Água para elefantes - Sara Gruen
Um amor para recordar - Nicholas Sparks
Questões do coração - Emily Griffin
O herói perdido - Rick Riordan
Querido John - Nicholas Sparks
O pequeno príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
10º
Diário de uma paixão - Nicholas Sparks
11º
Quando Ela se Foi - Harlan Coben
12º
Despertada - P.C. e Kristin Cast
13º
Estrela da noite - Alyson Nöel
14º
Um dia - David Nicholls
15º
A última música - Nicholas Sparks
16º
O mar de monstros - Rick Riordan
17º
O ultimo olimpiano - Rick Riordan
18º
Assassin's Creed: Renascença - George R. R. Martin
19º
O Ladrão de Raios - Rick Riordan
20º
A maldição do titã - Rick Riordan

15.8.11

Resenha: Perigo na Ilha

Perigo na ilha


Editora: Mundo Mirim
Autor: Eunice Sertã
Ano: 2009
Título Original: Perigo na Ilha
Páginas: 120

Nada como uma leitura leve para superar a decepção que foi o livro anterior que li. Estava meio sem saco para ler alguma coisa, não conseguia começar uma leitura normalmente e sempre parava para fazer outra coisa.

Até que peguei emprestado de minha colega de escola o livro Perigo na Ilha.

A obra conta a história de Aninha e seus amigos que vão com o pai da garota para uma viagem de lancha na Ilha Grande. Uma tempestade começa e os garotos que foram com Ana, sua amiga (Luísa) e seu pai se perdem deles. Agora eles terão de encontrar os meninas e tentar volta para a ilha de algum jeito, que não será de lancha. Já que a tempestade piora a cada minuto.

Eles não imaginam que naquela ilha podem aparecer contrabandistas e também nem sonham em encontrar com um homem-bicho. A aventura começa a ficar perigosa e eles tem de dar um jeito de sair dali antes que coisas piores aconteçam.

O meu tempo de leitura foi de uma rapidez! Li em dois dias. A diagramação é toda meio manchada como se o livro tivesse caído no mar, é cheio de figuras e as letras são enormes e bem espaçadas.

O desenrolar da história não demora nada e as coisas acontecem bem rápido.  Amei os personagens e a narrativa da Aninha ficou super adequada para uma garotinha de onze/doze anos.
–– Vão indo –– falou papai–– Aninha e Luísa, passem para a outra lancha, que eu vou procurar os meninos. Não posso deixá-los aqui, apesar de que eles bem que merecem! Garotos malucos! Tunico, leve as meninas com você, eu me viro bem com os dois, vou embora assim que eles aparecerem.
O desenrolar da história acontece bem rápido, como disse. E quando você vê, já está lá no fim torcendo para aqueles que são chamados de "nossos heróis". A Ana é a tipo personagem super-corajosa, amei tudo o que ela faz e pode parecer imaturidade algumas vezes, mas ela sempre faz as coisas certas no final. Mesmo que isso acabe arriscando sua vida.

Diferente de muitos protagonistas de livros ela é de fazer e não fica presa na narrativa se perguntando se vai ou não executar a ação por milhares de páginas. O que me decepcionou foi capa, colocaram um seres muito parecidos com dementadores do Harry Potter e eu sinceramente que no livro tivesse algo sobrenatural. Mas me enganei completamente. Não há!

O fim não é lá uma coisa muito surpreendente. A leitura é leve, é juvenil então a única preocupação que a autora tem no final é solucionar as pontas soltas e achar uma forma de criar um "felizes para sempre" convincente. E conseguiu! Amei e quero continuação.

Super recomendo a leitura, daria mil pontos e acho que, pra quem gosta de uma boa aventura infanto-juvenil e uma boa história tupiniquim e brasileira é uma boa aposta. Ou pra quem ainda não leu um gênero assim... Perigo na Ilha é uma ótima forma de começar.

–– Mas você não tem um rádio transmissor? Como é que você se com outras pessoas? –– 
Perguntou Pedro. [...]   –– Eu não me comunico! Quantas vezes vou ter que repetir que eu NÃO GOSTO DE GENTE.

14.8.11

Book Blogger Hop: (#22)

É fato que a cada dia surgem mais e mais blogs de livros no Brasil e tem muito blogueiro bom por aí que não é conhecido. Inspiradas pelo Book Blogger Hop que a Jennifer criou no Crazy For Books, as meninas do Murphy's Library decidiram criar uma versão brasileira.
Você se considera um viciado em comprar livros? Do tipo que compra e não sabe nem quando vai lê-los?


Um bookaholic é um viciado em comprar livros, claro! É quase uma regra! Mas todas as vezes que eu compro eu leio. Lógico, não vou gastar meu dinheiro e geralmente o dinheiro do meu pai ou mãe. Se compro um livro é que obviamente tenho um objetivo de ler. Alguns são menos e outros são menores.

Na Minha Caixa de Correio: (#16)

Seção que mostra tudo o que recebi recentemente, desde livros a cds e dvds, em vídeo. Meme criado originalmente pelo The Story Siren.

Desculpa pela qualidade, é que aqui em casa estava à mil os preparativos para o churrasco do dia dos pais, eu fiquei muito longe do microfone da filmadora e nem vi que a lente estava suja.

O que eu recebi ––

Livro: Água para elefantes - Sara Gruen
Livro: Perigo na Ilha - Eunice Sertã

O que eu citei –– 
Editora Arqueiro 

Lendo ––

Fazendo meu filme:  A estréia de Fani - Paula Pimenta

Comentem aí, não vai doer! Leitores ávidos, leitores novos! Sei que estão aí e não vai custar nada dizer se você já leu algum livro, se o vídeo ficou bom se deseja algum livro... 

13.8.11

Meme musical


Fui indicado pelo Erik do Books & Books e gostei muito do assunto e não sei quem começou. Irei postar os indicados para o meme no fim do post!

Seu cantor favorito: Cee-lo Green (Ele é demais!)
Sua cantora favorita: Lady GaGa.
Uma banda e/ou grupo: Florence + the machine (Sou da indie!)
Uma música que te marcou no passado: A Year Without Rain - Selena Gomez
E a música do presente: Man Down - Rihanna
A música da sua vida: All of the lights - Kanye West feat. Rihanna and Kid Cudi
Uma música que te faz lembrar um dia triste: Possibility - Lykke Li
E um dia feliz: Big Fat Bass - Britney Spears feat. Will.I.Am
Uma música que te enche de saudade: The Meadow - Alexandre Desplat
A música que você assinaria seu nome como "sua": Like a prayer - Madonna
Três estilos musicais que você ama: soul, pop e Indie.
Estilos que odeia: funk, pagode e eletrônico.
5 músicas que estão na sua playlist: Free - Natalia Kills feat. Will.I.Am, Rolling in the deep - Adele, Back to black - Amy Winheouse, Bloody Mary - Lady GaGa e Dog Days Are Over - Florence + the machine.


Os indicados - 


Livros, letras e metas
Lembra daquela história?
The eater of books
Ancalimë Family

It Cultura 

12.8.11

Desejo de sexta: (#12)

Passei algum tempo sem postar muito com a seção e peço desculpas pelo meu sumiço é que sexta-feira geralmente é o dia que tiro para tirar o atraso com os posts e a sexta-feira dessa semana eu tirei para fazer alguns exercícios da escola, ler e terminar de aperfeiçoar o novo layout do Bobagens e Livros! Vamos ao meu desejo de sexta:

Cidade dos ossos - Cassandra Clare [Galera Record]
Nível - Quero muito! (5 de 5)

Muitas pessoas falam bem desse livro. E não é só por isso que desejo tê-lo em minha estante, é também pela capa e história que me interessaram muito!

Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

11.8.11

Cine-Resenha: Assalto ao banco central

O filme "Assalto ao Banco Central" é uma obra de ficção, inspirada no maior roubo a banco do século. Envolvendo desde a preparação da quadrilha aos bastidores da investigação da polícia federal. Em Agosto de 2005 164.7 milhões de reais foram roubados do Banco Central em Fortaleza, Ceará. Sem dar um único tiro, sem disparar um alarme, os bandidos entraram e saíram por um túnel de 84 metros cavado sob o cofre, carregando 3 toneladas de dinheiro. Foram mais de três meses de operação. Milhares de reais foram gastos no planejamento. Foi um dos crimes mais sofisticados e bem planejados de que já se teve notícia no Brasil.
Globo Filmes, direção de Marcos Paulo.

Segunda-feira fui ao cinema. Estava disposto a ver o filme Assalto ao banco central. Antes, eu pensava que me arriscaria em assistir um filme brasileiro no cinema, mas me arrependo de ter esse pensamento. Por mais que tenha ficado pouco (muito pouco) tempo na minha cabeça. 

A história se baseia no assalto ao banco central brasileiro, coisa de Hollywood. Muito bem planejado sem mortes (na operação). Andei olhando algumas resenhas e muitas pessoas criticaram a direção de Marcos Paulo e muitos acharam que ele colocou os típicos elementos novelísticos ali.

O romantismo e cenas (um pouco) menos violentas. Não sei sou inexperiente nessa coisa de filmes, mas achei perfeita toda a forma como o filme foi colocado na telona. Desde o primeiro ao último minuto. Começamos com os relatos dos que foram pegos pela polícia e o início do planejamento do assalto. Como a quadrilha se formou, e tudo o que acontecia desde o planejamento ao fatídico assalto.

Quando a ação acontece, começa aí uma corrida dos brilhantes Lima Duarte e Giulia Gam para conseguir descobrir e prender os participantes do crime. O cinema nacional está em um ótimo momento, se assemelhando a obras dos cinemas mais respeitados do mundo. A qualidade do roteiro é inevitável tendo um belo fato para falar sobre. Ora, o maior assalto a banco do século!

O filme tem suas doses de ação com Giulia e Lima como também o romance com o triângulo amoroso Milhem Cortaz, Hermila Guedes e Riberto Leão mas também não dispensa a comédia com todo o bando do assalto. Destaque para Vinicius de Oliveira como o desajeitado Devanildo, vários momentos de risada no filme credito a ele.

Assalto é um filme muito bom, mal classificado por quem esperava algo como Tropa de Elite. Fato é, nenhum filme é igual ao outro. E aposto que se fosse muito parecido as pessoas logo classificariam como plágio ou coisa parecida.

Fato é, Assalto ao banco central é uma ótima pedida para filme brasileiro e recomendo muito que reserve um tempo na sua vida para ir ao cinema e compartilhar desta história!


Os Mais Vendidos (11/08)

Saiba quais os livros que fazem mais sucesso no Brasil na categoria ficção. Lista hospedada pelo Veja.com
1º 

A Guerra dos Tronos - George R. R. Martin
2º 
A fúria dos reis - George R. R. Martin
3º 
Um amor para recordar - Nicholas Sparks
4º 
A Cabana - William P. Young
5º 
Água para elefantes - Sara Gruen
6º 
Questões do coração - Emily Griffin
7º 
O herói perdido - Rick Riordan
8º 
Quando Ela se Foi - Harlan Coben
9º 
Querido John - Nicholas Sparks
10º 
O pequeno príncipe - Antoine de Saint-Exupéry
11º 
Estrela da noite - Alyson Nöel
12º 
Diário de uma paixão - Nicholas Sparks
13º 
A última música - Nicholas Sparks
14º 
Despertada - P.C. e Kristin Cast
15º 
O ladrão de Raios - Rick Riordan
16º 
Morte e vida de Charlie St. Cloud - Ben Sherwood
17º 
O último olimpiano - Rick Riordan
18º 
O mar de monstros - Rick Riordan
19º 
O milagre - Nicholas Sparks
20º 
A maldição do titã - Rick Riordan

9.8.11

Resenha: Crescendo - Becca Fitzpatrick


Editora: Intrínseca
Autor: Becca Fitzpatrick
Ano: 2010
Título original: Crescendo
Páginas: 288

Se em Sussurro eu comecei já pensando que o livro poderia ser horrível, comecei Crescendo com altas expectativas pelo que foi a minha crítica do primeiro livro.


No segundo volume da série Hush, hush, Nora e Patch não podem mais ficar juntos por que ele é seu anjo da guarda e esse tipo de relação é estritamente proibido pelos Arcanjos.

O conflito é, se Patch continuar a se envolver com Nora ele pode ser mandado para o inferno. Então, ela termina com ele (Antes de saber deste detalhe, ela termina por achar que ele não a ama mais). Mas depois disso, Nora começa a ficar desconfiada com o envolvimento de Patch e Marcie Millar, sua inimiga.

O livro foi entediante em muitas partes por, mesmo depois de Nora saber que Patch não pode ficar com ela e não ama Marcie continuar insistindo na mesma tecla o tempo inteiro. Acompanhar essas 288 páginas é insuportável. Becca não usa mais aquela escrita envolvente com suspense e perigo que lhe levaram ao estrelato no primeiro.

A protagonista faz o típico papel das mocinhas inseguras dos livros YA de hoje em dia e prova que sua narrativa só existe para encher o saco dos leitores.
– Vá embora! – exclamei, com as lágrimas tornando a minha voz mais áspera. – Tenho outras coisas para fazer com a minha vida. Planos que não envolvem você. Tenho a universidade e empregos no futuro. Não vou jogar tudo fora em nome de algo que não deveria ter conhecido.
O pior é que, mesmo depois de terminar e humilhar o pobre ela ainda se arrepende,mas nada de admitir, Nora engole seu orgulho e sofre em silêncio por sua atitude. Praticamente o livro inteiro! E, olha que essa cena acontece nas primeiras páginas do livro.
– Quero beijar meu namorado, que saber que ele é capaz de sentir! [...] Assim, que falei aquilo me arrependi. Não queria magoá-lo – só queria acabar com tudo o mais rápido possível, antes de perder o controle e começar a soluçar. Mas tinha ido longe demais. Vi que ele se enrijeceu. Ficamos cara a cara, ambos com as respirações entrecortadas. [...] Depois ele saiu, batendo a porta atrás de si.
Crescendo já é uma grande decepção do ano, mas ainda sim não deixo de ter esperanças para o fim da série, Silence. Espero que tudo melhore e, mesmo o final sendo surpreendente o desfecho do segundo não foi tão bom quanto o primeiro, deixou pontas soltas demais e não deu a entender o viria a seguir.

Agora, alguns quotes/citações que eu marquei no livro!
– Scott? O que você pode me dizer sobre a sociedade secreta? – Bati em seu rosto levemente – Scott, acorde. Mão Negra lhe disse que você é um nefilim? Ele explicou o que isso quer dizer? [...] Mas ele havia caído em sono profundo e inebriante.
Soltei um suspiro. Não adiantava esconder. Insolente ou não, Vee era minha melhor amiga e merecia a verdade quando eu podia contá-la
– Ele me beijou na outra noite. Depois da Bolsa do Diabo.
– Ele o quê?
Não era exatamente uma novidade – eu podia sentir algo sombrio envolvendo meu mundo, ameaçando eclipsá-lo. O espectro por trás da reaparição do fantasma do meu pai, principalmente. Um pensamento me passou pela cabeça.
– E se a pessoa que está atrás de mim também for meu anjo da guarda? – Perguntei lentamente.
Rixon deu uma gargalhada.
Crescendo é o segundo volume da série Hush, Hush e me aparece como uma encheção de linguiça para o que pode vir a acontecer no terceiro livro. Espero que o ritmo mude na continuação.


8.8.11

Campanha de publicação - Roleta Russa


Pessoal, há algum tempo atrás publiquei sobre o meu livro aqui e agora volto com uma campanha de publicação bem legal, leia o artigo que publiquei no blog do Roleta Russa
Olá leitor! Bem-vindo ao espaço de Roleta Russa na internet. Bem, pensei em várias formas de fazer uma boa campanha de publicação. Afinal, acredito, isso que poderá acarretar em publicação por editora. Gostaram da capa nova? Bem, ela está presente em uma das surpresas que fiz pra vocês. Criei uma edição para o livro e ela estará saindo em 100 exemplares com lombada, orelhas como se fosse uma publicação normal. Dividirei esses exemplares. Alguns para blogueiros, outros para sorteios no meu blog, Bobagens e Livros, alguns para familiares, professores e todo o pessoal que me ajuda nessa estrada e o resto para venda. Os blogueiros serão a parte mais importante nessa campanha, vocês que me ajudarão a chamar a atenção das editoras. Veja abaixo algumas imagem para blog que fiz e depois acompanhe as condições da campanha:


213x88
 
<div align="center"><img src="http://3.bp.blogspot.com/-VFU0dD8q8GM/TjsfwCtdL6I/AAAAAAAAHRw/CPlelvGMCVc/s1600/CapaRoletaRussa1.png" border="0" /><br><textarea onFocus="this.select()" onMouseOver="this.focus()" rows="3" cols="15"

138x176


<div align="center"><img src="http://3.bp.blogspot.com/-http://2.bp.blogspot.com/-NAvAVqJQwcY/Tjsh12AMPZI/AAAAAAAAHR0/8CpLCl4tRPI/s1600/Orelha2RoletaRussa.png" border="0" /><br><textarea onFocus="this.select()" onMouseOver="this.focus()" rows="3" cols="15" name="textarea"><a href="http://serieroletarussa.blogspot.com" target="_blank"><img src="http://3.bp.blogspot.com/-http://2.bp.blogspot.com/-NAvAVqJQwcY/Tjsh12AMPZI/AAAAAAAAHR0/8CpLCl4tRPI/s1600/Orelha2RoletaRussa.png" border="0" /></a></textarea></div>

 CAMPANHA DE PUBLICAÇÃO
(blogueiros)
Você pode se inscrever mandando um e-mail com seu blog e endereço para este endereço ou eu te convidarei. Claro, você terá que resenhar e, se a resenha for positiva, seria essencial que mandasse e-mail para algumas editoras (lhe passarei quais) por e-mail com a análise positiva destacando o porquê de o livro ter de ser publicado. A quem não for convidado e perder a etapa das inscrições (ainda irei determinar) ou querer me dar uma ajudinha (mais do que estarão dando) com o dinheiro pode comprar. Espero a ajuda de todos vocês e gostaria que, por enquanto, colocassem esses link-me's em seus blogs e me mandarem o endereço por e-mail ou comentário. O visitarei e colocarei na lista dos convidados para receber o livro.
Até mais, Matheus Goulart.

7.8.11

Na Minha Caixa de Correio: (#15)

Seção que mostra tudo o que recebi recentemente, desde livros a cds e dvds, em vídeo. Meme criado originalmente pelo The Story Siren.

O que eu recebi –– 

Kit: 2 kits de Beijada por um anjo –– Elizabeth Chandler
Livro: Crescendo –– Becca Fitzpatrick
Kit: 2 kits de Não sou este tipo de garota –– Siohban Vivian
Livro: Fazendo meu filme 1 - A estréia de Fani –– Paula Pimenta

O que eu citei ––


Site de Roleta Russa, meu livro!

Voltou –– 

Livro: Ethernyt - A Guerra dos anjos –– Márson Alquati

Lendo ––

Crescendo –– Becca Fizpatrick

6.8.11

Book Blogger Hop: (#21)


É fato que a cada dia surgem mais e mais blogs de livros no Brasil e tem muito blogueiro bom por aí que não é conhecido. Inspiradas pelo Book Blogger Hop que a Jennifer criou no Crazy For Books, as meninas do Murphy's Library decidiram criar uma versão brasileira. 
A pergunta desta semana é:
Qual é o principal ARC (prova de leitura) que você gostaria de ter em mãos neste momento?


Mesmo ainda não engolindo o que a Becca e a Nora estão fazendo em "Crescendo", adoraria ter a prova de "Silence" e concluir a série antes da demora que será para traduzir e lançar no Brasil. Mesmo "Crescendo" sendo mediano, por enquanto, ainda é uma das minhas séries favoritos.

5.8.11

Book trailer de "The power of six"


Foi divulgado recentemente o book trailer do segundo livro da série "Os legados de lorien", que se chama "The Power of Six" (O poder do seis, em tradução literal). A obra será lançada no fim do mês nos Estados Unidos, enquanto no Brasil a Intrínseca confirmou a estreia para novembro. Veja abaixo o book trailer legendado pelo Sobre Livros.


A capa aparece bem no fim do vídeo e tem uma cor azul com círculos de volta, deixando o amarelo do primeiro livro. Resta saber se a editora Intrínseca manterá a capa ou mudará para outra.

3.8.11

Playlist (#9): Gaga, VMA e Wild Heart

Uma seção musical e com uma liberdade de assuntos. Desde lançamentos à gêneros musicais que são favoritos ou os meus preteridos. Tudo!
Atenção: Se você é fã de algumas personalidades citadas aqui, por favor, não se irrite com o que eu possa vir a dizer aqui. Afinal, essa seção é apenas uma análise da  realidade com alguns toques de humor negro. Não quero ofender nenhum músico.

Eba! Voltei a colocar essa advertência, então você supõe que esse programa vai ser um pouco mais ácido. Desviei-me um pouco do primeiro post e comecei a fazer alguns mais curtos, porém, agora... As ideias não param de chegar e Playlist #9 acaba de começar!

O que mais andou se comentando na semana passada foram as indicações do VMA (Video Music Awards) deste ano. O Video Music, para quem não sabe é a premiação da MTV americana com alto teor de importância na música pop mundial.

Veja a lista dos indicados aqui e veja abaixo o porquê de ter gerado tanta polêmica.

Além da falta de indicações das que já estavam contando com indicação como Blow (Ke$ha) e S&M (Rihanna) para Melhor Clipe do Ano eles ainda "baniram" Lady Gaga das indicações.

Depois de Born This Way e Judas clipes que fizeram sucesso e quebraram recordes, eles colocaram a cantora em menos de cinco indicações. O pessoal todo disse que ela não foi indicada por que a organização do evento ficou com medo de ela tomar conta de tudo, como aconteceu no ano passado.

Mas os fãs pelo menos já estão mais felizes. Ano passado - que mesmo sem performance, os figurinos deram o que falar -, não teve show e esse ano terá. Agora só basta esperar se Gaga repetirá uma performance ao tamanho da de Paparazzi em 2009, quando todos ficaram chocados com o que aconteceu a mídia caiu em cima do sangramento falso e morte de Gaga em frente às câmeras.

Falando em Lady Gaga, a cantora afirmou recentemente que seu clipe quando ela completar seu milésimo tweet, ela está no tweet de número 991 e agora só resta esperar que Gaga poste cada vez mais no seu microblog.

O clipe é para a música Yoü and I do novo álbum, Born This Way, que já foi resenhado faixa-a-faixa numa edição longínqua desta seção. Como tudo o que ela faz, chamou muita atenção para a cidade de Nebraska, onde foi gravado e se passará a história do clipe. Nebraska é o apelido do namorado de Lady Gaga, para quem ela dedicou a seção.

Estive vasculhando o conteúdo musical da internet e achei uma pessoa que, até então era desconhecida por mim. Uma cantora chamada Sabi que lançou recentemente um single de nome Wild Heart. A crítica caiu em cima pela música usar muito dubsteb (Ajustes eletrônicos e batidas repetitivas). Eu adorei e deixo aqui o espaço para que vocês escutem, se gostar, quem sabe falo mais sobre a cantora na próxima edição!

Sabi - Wild Heart by officialsabi

Bom, é isso, espero que tenham gostado da Playlist de hoje. Foi feita com muito carinho e... Também fiz uma coisa recente com muito carinho. Criei o meu primeiro mixtape (Conjunto de músicas) para a seção. Espero que gostem! Apelidei carinhosamente de Dance Control, escute até o final se puder. Ela está disponível para download.

Dance Control by stuckonmyplaylist

1.8.11

Análise do mês (#2): Julho


Uma recapitulação do que aconteceu no blog no último mês. Baseado na seção In Review da Garota que lê.
As férias passaram voando, fiquei desde o dia 8 em casa e ainda acho que foi muito pouco. Li muito, comprei livros muito legais e aproveitei minhas férias de uma forma relativamente boa, saí de acordo com o que o dinheiro dava.

O que resenhei no mês:

{ Veronika decide morrer - Paulo Coelho 
{ Noites de Tormenta - Nicholas Sparks
{ Todas as estrelas do céu - Enderson Rafael
{ One Day - David Nicholls

Li uma quantidade de romances maior do que já tinha lido. Engraçado, não? Em um mês só li romances, o primeiro bem psicológico e os próximos lindos e um pouco tristes.

Vale a pena conferir:


{ Os mais vendidos, 04/07, 12/07, 19/07 e 27/07
{ Book Blogger Hop, #17, #18, #19, #20 e #21
{ Na Minha Caixa de Correio, #11, #12, #13 e #14

Adeus Julho!


Você passou bem rápido, trouxe muita felicidade para mim e acredito para muitas pessoas que ficaram de férias (escola, facul, whatever) nesse período. Comprei livros, li livros, resenhei livros. Postei em uma boa quantidade aqui no blog e os nossos comentários aumentaram, assim como a quantidade de seguidores. Conseguimos um colaborador, mas logo depois saiu, foi tudo meio #fail.

Bem-vindo agosto!


Agosto, você não é bem-vindo. Volta às aulas, provas do segundo trimestre na semana que vem, pouco tempo para o blog no período de provas. Afinal, eu quero passar de ano! Espero que eu leia e poste o quanto puder, mas que vocês entendam quando eu não conseguir fazê-lo. Sinto-me muito mal por abandonar o blog no momento em que estamos conseguindo mais comentários e seguidores. Mas, para saber se agosto foi chato como esperava ou legal como não presumia, só acompanhar a rotina do blog e ler o próximo Análise do mês.